DICAS DE OURO PARA VIAJAR COM AS CRIANÇAS DE AVIÃO
29 de março de 2018
LUGARES DO BRASIL PARA CONHECER NAS FÉRIAS DE JULHO
12 de abril de 2018

Num misto de insônia, ansiedade e tédio, é bem difícil manter a sanidade mental quando ficamos trancados numa aeronave por mais de seis horas ou até menos do que isso. Para evitar o estresse durante as férias ou feriado, descubra algumas dicas de como ficar confortável durante as longas viagens de avião.

Escolha o lugar ideal
Ter planejamento é tudo nessa vida e isso inclui a escolha do seu assento. Alguns lugares da aeronave são mais estratégicos do que outros. Por exemplo, se você sofre muito com as turbulências, evite que isso atrapalhe sua viagem e escolha assentos próximos às asas, pois são um ponto de maior estabilidade. Se tem medo de altura, é melhor nem olhar pela janela e evitar estes assentos.

Há também lugares com maior espaço para as pernas, como as poltronas da primeira fileira de cada bloco de assentos ou aqueles assentos sem uma poltrona na frente, o que facilita o conforto dos mais altos. Evite assentos que sejam muito perto de lavatórios pois geralmente têm movimentação e conversa constante entre pessoas.

Carregue consigo seus itens pessoais indispensáveis
A melhor coisa é ter em mãos alguns de seus itens pessoais, como travesseiro e fone de ouvido, porque nem todas as companhias aéreas oferecem e muitos deles são de qualidade inferior ao seu. Além disso esteja munido de opções de entretenimento, como livros, tablet e smartphone que possuam jogos, apps de leitura e etc para garantir a distração durante as horas em que estiver acordado.

Proteja-se do ar seco da aeronave
Sim, ao longo da viagem você vai notar que o ar está mais seco e vai precisar se hidratar. Beba bastante água e de preferência leve uma garrafinha para garantir; carregue escova de dentes, manteiga de cacau, colírio e algum creme para hidratar as mãos.

Não leve muitas coisas
Evite ao máximo de carregar aquele monte de bagagem de mão, pois isso dificulta seu percurso até a aeronave, o embarque e o desembarque. Há até mesmo chances de ficar sem espaço no bagageiro. Uma mochila ou necessaire são ideais para manter suas coisas básicas por perto durante as longas jornadas de avião.

Movimente-se durante voos muito longos
Não dá para ficar sentado o tempo todo, especialmente em voos com mais de oito horas, por exemplo. Mexa o corpo, se alongue – mas sem atrapalhar o passageiro ao lado, por favor! -, e dê caminhadas no corredor do avião, talvez até o banheiro ou até a outra extremidade de onde você se encontra. Esticar as pernas também ajuda a sua viagem a ser menos desconfortável.

Alimente-se bem
Ingerir alimentos leves, mas ricos em fibras e proteínas é o ideal na hora de viajar. Fique atento àqueles pratos que te causam algum desconforto estomacal, afinal, ninguém quer entrar na aeronave passando mal, né. Dependendo do que a aeronave servir a bordo, se é que serve, é melhor levar consigo algumas opções práticas e rápidas, como barras de cereal e bolachas integrais, até mesmo para não ficar com fome quando não for a hora da refeição. Se houver alguma restrição alimentar, é possível alertar a companhia aérea na hora da compra das passagens.

Como evitar o jetlag?
Jetlag nada mais é do que aquela sensação de fadiga e cansaço pós voo, causada por conta da mudança de fuso horário principalmente. Para evitá-lo, procure se adaptar ao destino antes mesmo da chegada, ajustando seu sono e até mesmo o horário das refeições. Se for desembarcar pela manhã, procure dormir no avião e evite ir para a cama após a chegada. Alguns aparelhos combatem o jetlag ao emitir raios luminosos que ajudam o organismo a se reajustar. Pelo menos é o que os fabricantes garantem.

E se eu tenho medo de voar?
Primeiro: evite ver ou ler sobre acidentes aéreos, mas procure estudar um pouco sobre aviação. Saber como a aeronave funciona pode trazer uma maior sensação de segurança, visto que a chance do mesmo cair são muito pequenas. A probabilidade de sofrer um acidente viajando de carro é imensamente maior, então reflita sobre o assunto e tente manter a calma. Durante o voo, se distraia, ande quando for necessário e nos momentos de nervosismo mentalize sempre coisas boas, como a sua chegada ao destino. Controlar a respiração também ajuda bastante. Se o caso for mais grave, consulte um psicólogo antes da viagem. O mais importante de tudo é: enfrente seu medo e voe. Não deixe que isso domine você.

Curtiu?
Deixe aqui embaixo o seu comentário e compartilhe esse artigo com quem você acha que precise 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *